Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lendo e escrevendo

Lendo e escrevendo

8 de Março

08.03.21, Almerinda
O 8 de Março em tempo de pandemia. Estamos a breves dias do 8 de Março. Há um ano estivemos na rua, juntas, sem máscaras, nem com cuidados de distanciamentos e abraços. Festejámos com alegria, com a alegria de estarmos juntas a lutar pela igualdade, pelos direitos, pela dignidade das nossa vidas, sem constrangimentos e com a certeza de que há tanto por fazer, sem nunca ignorar nem desprezar o legado de avanços das nossas irmãs lutadoras do século passado e as conquistas (...)

Este ano não começou nada bem

26.01.21, Almerinda
O Ano 2021 não começou nada bem Folheio os jornais da manhã à procura de notícias relacionadas com as escolas e o ensino. O “Público” tem mapas dos resultados eleitorais para todos os (des)gostos, mas dá destaque de primeira página ao mapa do candidato que ficou em terceiro lugar, embora lhe chame 2º!! Há também o mapa dos contágios, lembrando quem ainda andar distraído, que no nosso país o vírus e suas variantes estão em roda livre. Depois, a situação das escolas (...)

#19 As Irmãs Mirabal

20.12.20, Almerinda
#19 As Irmãs Mirabal Em 1999, quando li “No Tempo das Borboletas” de Julia Alvarez (Bertrand Editora) estava longe de saber que a história das irmãs Mirabal mortas a 25 de Novembro de 1960 estava na origem do dia que assinala aquilo que é a segunda causa de morte em todo o mundo. Pátria, Minerva e Maria Teresa Mirabal assim se chamavam as três jovens activistas dominicanas na luta contra a ditadura de Trujillo. Os seus corpos foram encontrados junto ao seu jipe no fundo de uma (...)

#18 Simone de Beauvoir

19.12.20, Almerinda
#18 Simone de Beauvoir Este é outro nome incontornável e referência das feministas e dos feminismos. A partir da reprodução de uma fotografia de Simone na força da idade, usei cópias do prólogo do livro “A Força da Idade” que ela dedica a Jean-Paul Sartre. Começa assim :“Lancei-me numa aventura imprudente, quando comecei a falar de mim: começa-se e nunca mais se acaba.”E termina “ Este relatório apresenta-se, em todo o caso, isento de qualquer preocupação moral. (...)

#17 A República

18.12.20, Almerinda
#17 A República Nesta colagem que fiz para celebrar o 5 de Outubro, dia da implantação da República, baseei-me numa maravilhosa estampa do Almanach d’O MUNDO de 1910, assinada por Alberto Souza. É a imagem muito bela e muito forte de mulher, como foram as mulheres republicanas que, não só bordaram a primeira bandeira da República, mas se mobilizaram e acreditaram que a República iria trazer igualdade e justiça para as mulheres portuguesas. O busto da República simboliza essa (...)

#16 RBG

17.12.20, Almerinda
#16 RBG Estas 3 letrinhas e o povo americano sabia que correspondiam ao nome da grande juíza do Supremo dos EUA Ruth Bader Ginsburg. Faleceu a 18 de Setembro. Grande perda, na pior altura. Quem não sabia quem ela era, ficou a saber por a sua morte ter ocorrido em plena campanha eleitoral dos EUA, sendo ela uma voz firme, corajosa e decisiva contra Donald Trump, que a apelidou de bruxa. Feminista. Progressista. Foi uma das nove mulheres a entrar em Direito em Harvard em 1956 e a melhor (...)

#15 Marisa Matias

15.12.20, Almerinda
#15 Marisa Matias Nem sempre o inicialmente planeado é integralmente cumprido. Há sempre ajustamentos, mudanças, correcções e quando os projectos são a longo prazo – 12 meses – naturalmente que a ideia inicial vai sendo alterada. A lista das 20 mulheres está lá na minha agenda, mas a verdade é que o número 20 era redondo, mas muito limitado. E à medida que o ano se ia aproximando do fim, ficou claro que era preciso acrescentar mais e que iria ultrapassar a barreira (...)

# 14 Paula Rego

15.12.20, Almerinda
  #14 Paula Rego Quando no início do ano comecei a idealizar o projecto a que dei o nome 20 Mulheres em 2020, Paula Rego foi um dos primeiros nomes que me veio à cabeça. É talvez das pintoras portuguesas cuja obra mais amo. A força das suas telas, os múltiplos sentidos que nos convocam sempre que somos confrontados com o inusitado dos elementos de que são feitas, a perfeição e domínio técnico são parte substancial da admiração pela pintora. A somar a estes aspectos, a (...)

#12 Mafalda

13.12.20, Almerinda
#12 Mafalda Mafalda é talvez uma das personagens mais famosas e populares da Argentina. O seu pai – Quino – falecido a 30 de Setembro deste ano com 88 anos, criou esta menina inconformista, insubmissa, questionadora, que não só deliciou as pessoas da minha geração, mas que continua hoje a ser lida e adorada por milhões de pessoas em todo o mundo. Atenta ao mundo, as observações e perguntas de Mafalda desmontam a hipocrisia, os jogos e interesses instalados, a propaganda e a (...)

#11 Carolina Beatriz Ângelo

11.12.20, Almerinda
#11 Carolina Beatriz Ângelo Carolina Beatriz foi a primeira mulher portuguesa a votar nas eleições para a Assembleia Nacional Constituinte após a revolução de 5 de Outubro de 1910, tendo conseguido, ao abrigo da lei eleitoral vigente e após disputa com o poder político, a inclusão do seu nome nos cadernos eleitorais da Comissão de Recenseamento do 2º Bairro de Lisboa. Médica, viúva e mãe, Carolina Beatriz Ângelo invocou a sua qualidade de chefe de família para exercer o (...)