Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lendo e escrevendo

Lendo e escrevendo

O Vício dos Livros, Afonso Cruz

10.10.21, Almerinda
“O Vício dos Livros ” – Afonso Cruz, 2021 Tudo nos atrai neste livro. Desde logo o título, a ilustração da capa, o livro objecto em si, de capa dura. Do autor apenas tinha lido há anos “Nem todas as Baleias voam”, que fala da arte, de que não se consegue fugir quando se é capturado por ela. E quando se é capturado pelos livros? “O Vício dos Livros” fala da extraordinária força dos livros. Do seu poder imenso. Basta ir seguindo os títulos dos textos de que é (...)

Hoje não havia jacarandás em flor...

28.08.21, Almerinda
Hoje não havia jacarandás em flor… Hoje não havia jacarandás em flor. Mas eles continuam lá. Muito calor. Muita gente. Livros ao alcance das mãos, a serem folheados, em sacos, livros em promoção, filas para pagar livros, filas para autógrafos. Há quem procure pechinchas, quem tente encontrar aquele livro, quem se socorra da lista de livros a comprar e que vai crescendo… quem queira simplesmente desfrutar da alegria do encontro com os livros a céu aberto. Este ano já lá (...)

Em jeito de balanço (2)

31.12.20, Almerinda
Em jeito de balanço (2) Estou a ler o 21º livro este ano, mas como ainda não o acabei, este ano li vinte livros, ligeiramente menos do que em anos anteriores. Talvez se não tivéssemos interrompido as sessões mensais do Clube de Leitura da Bertrand do Chiado tivesse lido um pouco mais. Quem sabe? A maioria são livros que comprei ou que já tinha, requisitados na Biblioteca Municipal, mas também li livros que me haviam sido emprestados e que devolvi, usando os serviços dos CTT, que (...)

Street Books

07.07.20, Almerinda
De facto, se se quer ver alguma coisa que valha a pena, é na RTP2. Por acaso, porque tinha acabado de ver La Otra Mirada e a intenção era apagar a televisão, dei com este documentário maravilhoso que me comoveu. Um projecto incrível em Portland, Oregon. Streetbooks, ou seja, uma Biblioteca Itinerante.Tão simples e tão lindo como isto: levar livros a quem vive na rua. Pessoas que um dia deixaram de ter dinheiro para pagar a renda e que foram postas na rua. Pessoas que não têm um (...)

O essencial

24.03.20, Almerinda
Tudo está a fechar e bem.  Apenas temos aberto o que é estritamente essencial.  Penso nas livrarias que já são poucas, antes da actual crise. Será que quando este vírus deixar de nos atormentar e quando for preciso colar todos os cacos e erguer de novo este país e a sua tão frágil economia, as livrarias, os livreiros e os livros serão considerados essenciais ou passarão à categoria do dispensável, do acessório, do que pode ficar para depois? Sabendo que em tempo de (...)

Na calha

22.10.19, Almerinda
Continua a ser muito difícil resistir, como se não tivesse tantos cá por casa que ainda não li, tantos que me emprestaram para ler e que ainda não li e não devolvi! Sorry, sorry, sorry! As minhas últimas aquisições e que espero ler até ao final deste ano. Falta pouco para acabar "Sangue do meu Sangue". Até já.    

Porque somos mais nómadas que sedentários

09.09.19, Almerinda
Foram quase dois anos a viajar, no meu caso. E hoje a nossa viagem fez uma paragem e despediu-se num até breve, até já, até sempre de uma das nossas companheiras de viagem. Aquela que nos interpelava, que nos lançava novos desafios, que ia na carruagem da frente e que decidiu seguir o seu caminho, sair dum trilho que já não a satisfazia e que se lançou numa outra direcção, menos confortável mas mais desafiante. "Os livros são de facto uma viagem", disse ela. E fomos buscar as (...)