Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Lendo e escrevendo

Lendo e escrevendo

Marielle, nome de Mulher!

14.03.19, Almerinda

Marielle1.jpg

Marielle, nome de Mulher!

Marielle!
Faz hoje um ano que ela foi assassinada. Barbaramente! Será que podia haver outro advérbio para falar desse acto bárbaro, quando parece que estamos anestesiados com a violência diária, a nível mundial que se vira maioritariamente contra as mulheres? Por isso, violência de género, assumindo formas e matizes tão diversos, mas dirigida às mulheres, desde as meninas até às mulheres de idade. De todas as classes. De todas as idades. De todas as culturas. De todas as cores.

Marielle assassinada com quatro tiros na cabeça. Um ano depois, ainda não se sabe quem a matou… sabe-se que ela Marielle, como muitas outras Marielles, activistas em todo o mundo contra a injustiça e a desigualdade, contra a pobreza e a exclusão, que dedicaram as suas vidas a lutar por um mundo melhor, são o alvo do poder patriarcal, são o alvo das ditaduras que não toleram democracia, igualdade, justiça social. Marielle sintetizava essa energia transformadora e libertadora do seu povo das favelas, do povo explorado, excluído, discriminado.

Orgulhosamente feminista, favelada, lésbica, política.