Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lendo e escrevendo

Lendo e escrevendo

Encontros inesperados

12.05.19, Almerinda

Bagageira2.jpg

 

Hoje foi dia de irmos distribuir o jornal de campanha da Marisa Matias para a Feira da Bagageira de Corroios. Iamos ao encontro das pessoas que gostam de encontrar pechinchas ou que são frequentadoras de feiras de velharias, convidando-as a levar o jornal para lhes lembrar que temos eleições europeias daqui a quinze dias e que é preciso fazer escolhas. O slogan - Lado a Lado - Pelo que é de Todos - e a imagem já conhecida da Marisa Matias despertam simpatia, bom acolhimento, mas também há quem diga que não está interessado ou dê a entender que são todos iguais... Para quem está habituado a fazer campanhas e a contactar pessoas na rua com propaganda política tem sempre muitas histórias para contar, mas há determinadas frases feitas que já cansam de tão batidas.

Mas voltemos à Bagageira. Todos os meses, num domingo determinado, dezenas de pessoas depositam as suas carrinhas e carros no terreno da Quinta da Marialva em Corroios e retiram e expõem o conteúdo das suas bagageiras, isto é, tudo o imaginável ou impensável que desejam despachar e para o qual já não há espaço lá em casa: roupa, sapatos, brinquedos, loiças, carrinhos, alfaias, cromos, discos, copos, loiças, bibelots, livros, botões, estampas, rendas, naperons, rádios, secadores, electrodomésticos, talheres, cactos, etc, etc, etc. Em bom estado, em mau estado, há de tudo, mesmo tudo.

Fui para lá com jornais e vim de lá com dois livros novinhos em folha por apenas 9€. "Sangue do meu Sangue" de Michael Cunningham ("Flesh and Blood") é de 1995, mas "A Mulher que correu atrás do Vento" é o mais recente livro de João Tordo, saído em Março deste ano.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.