Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lendo e escrevendo

Lendo e escrevendo

#2 Rosie, the riveter

02.12.20, Almerinda

Rosie.jpg

 

#2 Rosie, the riveter

Rosie, a rebitadeira é o símbolo do esforço de guerra assumido pelas mulheres quando, por escassez de mão-de-obra, por os homens terem sido alistados para o exército, as mulheres ocuparam nas fábricas os postos de trabalho que anteriormente só estavam nas mãos dos homens. Elas mostraram que também eram capazes de fazer o mesmo trabalho -  We can do it!

Estava dado mais um passo na história da emancipação das mulheres, mesmo quando, terminada a 2ª guerra mundial, se pediu que elas voltassem para casa, de regresso à “normalidade”.

Rosie, the riveter tem sido um ícone do feminismo, por aquilo que significa de autonomia, de capacidade, de força. Há muitas histórias ligadas a Rosie, mas confirmou-se que a operária de uma fábrica de aviões que inspirou o icónico cartaz foi Naomi Parker, falecida em 2018 com 96 anos.

Esta minha segunda colagem foi feita num suporte diferente – cartão – e ofereci-a a uma mulher feminista muito especial que me tem inspirado ao longo de décadas.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.