Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lendo e escrevendo

Lendo e escrevendo

Uma bomba a iluminar a noite do Marão, Daniela Costa

25.02.21, Almerinda
Num tempo em que é preciso lutar contra o esquecimento e a erosão da memória, num tempo em que os fantasmas do passado se erguem impantes e sem-vergonha, ganhando os incautos e os deserdados sem esperança e sem perspectivas, é preciso lembrar casos que aconteceram em Portugal. Daniela Costa traz, através deste romance, a memória do assassinato do padre Max e da estudante Maria de Lurdes, faz agora 45 anos. A partir dum facto verdadeiro criou uma série de personagens – Max é (...)

Aniversário

19.02.21, Almerinda
Há dois anos nasceu este blog. Mais por pressão de amigas do que por alguma vez ter pensado em criar um blog. Ou será um blogue? Achava que já eram, que a fase deles já tinha passado, mas de vez em quando as vozes voltavam e um dia decidi-me. Acho que se esta ferramenta tem muitas variantes, como acontece com os vírus, a verdade é que eu aprendi numa formação de menos de meia hora o básico e é com o básico que vou funcionando, sem grandes problemas. Hoje estou aqui só para (...)

A Cidade das Flores, Augusto Abelaira

14.02.21, Almerinda
“A Cidade das Flores”, Augusto Abelaira, 1959 Quando se volta a ler um livro que se leu há mais de quatro décadas, percebemos se ele teve influência nessa altura das nossas vidas, se nos conseguimos identificar com o contexto ou com alguma das personagens, se, apesar da distância, permanece como objecto literário ou, se é de tal forma datado que não consegue despertar interesse para quem hoje o leia, sendo jovem como na altura eu era. Em 1961, no posfácio à segunda edição (...)

Anestesiados

01.02.21, Almerinda
Agora que entrámos em Fevereiro e que prevemos um aumento de novos casos e de mortes pela doença covid até meados do mês, pergunto-me se os paranóicos iluminados/as e sábios/as nas redes sociais irão aumentar a sua actividade ainda mais, ou pelo contrário, começarão a ter humildade e pudor para se calarem. Errático é o adjectivo do momento. Todos os dias se cria um caso novo que é martelado até à náusea. Os números criaram uma anestesia e apatia tais, que nem mesmo os (...)

Mensagens revolucionárias

29.01.21, Almerinda
  Há 9 anos postei esta imagem no meu facebook. O que me levou a tal? Eram os tempos da troika e o mal-estar era geral. O povo estava a ser mal tratado, o primeiro-ministro dizia que tínhamos andado a viver acima das possibilidades, que tínhamos sido laxistas, as carreiras estavam congeladas, tiravam-nos dias feriados, obrigavam os nossos filhos e filhas a emigrar depois de terem feito a sua formação cá mas sem conseguirem arranjar trabalho… Eram tantos os motivos para andar (...)

Bela, Ana Cristina Silva

28.01.21, Almerinda
“Bela”, Ana Cristina Silva, 2020 “Bela” é um romance denso em torno da vida e da personagem de Florbela Espanca. Iniciando-se com o suicídio da poeta no exacto dia em que faria 36 anos, percorre toda a vida desta mulher desde o dia 8 de Dezembro de 1894 quando nasce até ao derradeiro dia em que escolheu pôr fim ao seu sofrimento. O romance está dividido em capítulos em que um narrador analisa os sentimentos e estados de alma de Bela e “Interlúdios” em que Bela é ela (...)

Este ano não começou nada bem

26.01.21, Almerinda
O Ano 2021 não começou nada bem Folheio os jornais da manhã à procura de notícias relacionadas com as escolas e o ensino. O “Público” tem mapas dos resultados eleitorais para todos os (des)gostos, mas dá destaque de primeira página ao mapa do candidato que ficou em terceiro lugar, embora lhe chame 2º!! Há também o mapa dos contágios, lembrando quem ainda andar distraído, que no nosso país o vírus e suas variantes estão em roda livre. Depois, a situação das escolas (...)

Infectado, assintomático

12.01.21, Almerinda
Infectado, assintomático Não há como fugir. A notícia do dia é mesmo a situação do presidente/candidato a Presidente da República que, num teste PCR realizado ontem à noite deu infectado com covid 19, embora assintomático. Tudo parou desde ontem à noite. Todas as notícias se viraram para este dado novo. No segundo dia de campanha para as presidenciais, o candidato praticamente sem campanha, sem outdoors, sem tempos de antena, com um orçamento irrisório, o candidato (...)

Dia de Reis

06.01.21, Almerinda
Este é o meu primeiro post deste novo ano. Hoje - Dia dos Reis Magos - é também o dia de encerrar as festividades natalícias, mas de qualquer modo, os pequenos enfeites com a luz e o calor do Natal que costumamos tirar das caixas que guardamos na despensa e que voltamos a guardar até daqui a onze meses, cá em casa só serão guardados no fim de semana. Desde que tenho consciência de mim, no ano há dois momentos que me deixam um nó na garganta quando terminam: o fim do Verão e o (...)

Em jeito de balanço (2)

31.12.20, Almerinda
Em jeito de balanço (2) Estou a ler o 21º livro este ano, mas como ainda não o acabei, este ano li vinte livros, ligeiramente menos do que em anos anteriores. Talvez se não tivéssemos interrompido as sessões mensais do Clube de Leitura da Bertrand do Chiado tivesse lido um pouco mais. Quem sabe? A maioria são livros que comprei ou que já tinha, requisitados na Biblioteca Municipal, mas também li livros que me haviam sido emprestados e que devolvi, usando os serviços dos CTT, que (...)